Um pilar fundamental para o desenvolvimento do Programa Pró-Mananciais é a mobilização social, estimulando a pró atividade, a responsabilidade compartilhada, a solidariedade, a criatividade e o protagonismo, a partir da formação de Coletivos Locais de Meio Ambiente - Colmeia – grupo formado nos municípios onde o Programa atua, imprescindível em todas as etapas do seu desenvolvimento – diagnóstico da bacia hidrográfica, planejamento, execução e monitoramento das ações.

A Copasa conta com equipes socioambientais regionalizadas, responsáveis pela condução do processo de formação dos Colmeias e acompanhamento do desenvolvimento do Programa nos municípios, assumindo o secretariado nos Colmeias. Além da equipe da Copasa, os Colmeias contam com representantes da prefeitura, da Emater e outras instituições/atores interessados em contribuir na recuperação e preservação das bacias hidrográficas de captação e recarga dos mananciais.

O Colmeia elabora o Plano de Ação, baseado nas necessidades ambientais do município e na lista de ações do Programa, a qual é aprovada pela Arsae.

Até o momento são 249 Colmeias formados, totalizando quase 4.000 membros participantes.