Pró-Mananciais atua junto com os Colmeias levando a educomunicação para as comunidades ribeirinhas mineiras

A capacitação em Educomunicação Socioambiental e o Cuidado com a Água em Comunidades Ribeirinhas são estratégias chaves para o programa em 2024

As comunidades ribeirinhas e do interior dependem diretamente dos recursos hídricos para suas necessidades diárias como a agricultura, a pesca e outras atividades essenciais. No entanto, fatores como a poluição, a degradação ambiental e as mudanças climáticas ameaçam a segurança hídrica dessas populações. Neste contexto, a educomunicação socioambiental emerge como uma abordagem fundamental para promover o cuidado com a água, capacitando as comunidades a entender, valorizar e proteger os recursos hídricos disponíveis em suas regiões.

Rio Pardo de Minas, da bacia do rio Preto, área de atuação do Colmeia, captação da Copasa.

A educomunicação promove estratégias participativas que auxiliam na tomada de decisões e enfrentamento dos desafios locais, levando em consideração a realidade encontrada e os saberes coletivos. Pensando nisso o Programa Pró-Mananciais, neste ano de 2024 irá capacitar pessoas dos Colmeias (Coletivo Local de Meio Ambiente) por meio de workshops  e formações em educomunicação para que possam atuar em seus territórios, cuidando das águas e promovendo uma melhor relação homem e natureza, mudando a forma como interagimos com o meio ambiente sobretudo, os recursos hídricos. 

O início das formações acontecerá entre março e abril, sendo de forma presencial e online. 

O sucesso dessa iniciativa ressalta a importância da educomunicação socioambiental como uma ferramenta poderosa para promover a sustentabilidade em comunidades rurais. Ao capacitar os residentes locais a compreenderem os desafios ambientais e adotarem práticas responsáveis, essas estratégias não apenas protegem os recursos naturais, mas também fortalecem a resiliência das comunidades frente às mudanças climáticas e outros desafios globais.

Compartilhe este post